Mesmo em uma sociedade cada vez mais plural e com empresas promovendo a diversidade e inclusão em seus valores, ainda há um caminho longo a ser percorrido. Afinal, ainda que as instituições possuam programas de inclusão e diversidade, que são sempre bem-vindos, muitas delas ainda atuam em uma camada superficial. Pensando nisso, trouxemos alguns dados e passos para que as companhias possam garantir programas mais efetivos e colherem os frutos de uma sociedade mais igualitária.

1 – Por onde sua empresa pode começar?

O ciclo de exclusão começa na Família e segue na Educação, no Trabalho, na Saúde, na Política e acaba culminando na Violência. O ciclo de inclusão segue exatamente o oposto, e quem está na ponta da inclusão junto com a Política é o Trabalho. É aqui que percebemos a grande importância que as empresas podem fazer na vida das pessoas. O Think With Google listou 6 passos simples para iniciar a inclusão na sua empresa. Confira:

Coerência – Se você fala e muda o avatar nas redes sociais para um arco-íris no mês de junho para apoiar causas LGBTQIA+, precisa também fazer na prática. Já revisou como estão suas políticas de inclusão e diversidade na sua empresa?

Empatia – Diversificar o time é uma maneira de transformar toda a sua empresa e a relação com as pessoas;

Acessibilidade – Sua mensagem deve alcançar todos os públicos. Quando falamos em diversidade é preciso pensar além do público LGBTQIA+;

Representatividade – A representatividade real precisa considerar as diferentes classes sociais, raças, identidades de gênero e orientação sexual que compõem a comunidade;

Sensibilidade – Mesmo que exista uma agenda comum, tenha cuidado para não colocar as letrinhas da sigla LGBTQIA+ em uma mesma categoria. Existem muitas realidades distintas entre elas e isso deve ser observado, disseminado e respeitado;

Informação – É preciso promover a aproximação entre pessoas para que haja um diálogo entre todos. Mesmo entre a comunidade LGBTQIA+ existe falta de informação. Promova isto dentro do ambiente de trabalho da sua empresa.

2 – O que fazer para ter mais equidade

Como já falamos: igualdade não é a mesma coisa que equidade. Na Gi Group reforçamos isto por meio dos nosso programa de inclusão. Seu quadro de funcionários pode ser lindo com todas as vagas preenchidas igualitariamente, mas você olhou para o cargo destas pessoas? Eles também estão distribuídos de maneira justa? É realizado um trabalho para que todos se sintam em um ambiente saudável? Confira alguns dados de pesquisas recentes sobre o assunto.

  • Cerca de 68% de empregados LGBTQIA+ ouviram comentários preconceituosos nas organizações;
  • 33% das empresas brasileiras afirmaram que não contratariam pessoas LGBTQIA+ para posições de liderança;
  • 75% dos LGBTQIA+ declarados acreditam que são mais produtivos no trabalho.

Dados da pesquisa Out Now .

3 – Empresas que fomentam a equidade por meio da inclusão

Enquanto, infelizmente, algumas empresas ainda possuem restrições em contratar pessoas LGBTQIA+, felizmente, aqui no Brasil temos companhias que são referências em inclusão. Confira algumas marcas que se destacaram em 2020 segundo o levantamento da CNN Brasil.

Atento – Parceira da TransEmpregos, a empresa de telemarketing com sede em Madri, na Espanha, diz ter uma política estruturada para a diversidade;

Grupo Pão de Açúcar – Parceira do Fórum de Empresas e Direitos LGBTQIA+ e também parceira da Transempregos, estima ter contratado 31 profissionais trans em 2019 para as lojas Extra e Pão de Açúcar;

Natura – Há 15 anos, a Natura oferece benefícios de saúde a casais LGBTQIA+, como licenças parentais estendidas – maternidade de seis meses e paternidade de 40 dias –, além do berçário, sem custo, para pais e mães, independentemente do gênero ou orientação sexual;

Salesforce – A empresa de tecnologia norte-americana considera processo de contratação como fundamental para a igualdade de gênero. Outra frente de trabalho é a da transparência e da estatística. Desde 2018, a empresa começou a divulgar dados de diversidade para a equipe executiva, contendo um diagnóstico como mulheres e minorias sub-representação contratadas ou promovidas.

4 – Na Gi Group

“Promovemos o respeito aos Direitos Humanos e a Diversidade e Inclusão; apoiamos toda a legislação que fornece maior proteção aos trabalhadores e tenha papel ativo na erradicação da corrupção e de qualquer forma de abuso ou comportamento ilegal.” Este é o valor base que rege todo o programa de Diversidade e Inclusão nos mais de 50 países de atuação da Gi Group. Confira os pilares do nosso programa de inclusão.

Elas – Na Gi Group, por ser uma empresa de RH, naturalmente a razão entre homens e mulheres é praticamente 50/50. Mas mesmo que a proporção na sua empresa também seja assim, não quer dizer que o trabalho parou por aí.  É preciso estar atento como anda a cultura em relação às mulheres, se o ambiente está saudável para elas etc. Algo fundamental de se observar é o cargo das mulheres. A igualdade está proporcional, mas os cargos também estão? Na diretoria e cargos de gerência a divisão também está igual?

PcD+ – Pilar de inclusão e promoção de pessoas com deficiência. Entre as ações de inclusão, destaca-se a campanha de convivência e adaptação, que visa garantir que as pessoas entendam e saibam conviver naturalmente com PcD, além é claro, de toda uma estratégia de captação de talentos.

Mixes – Pilar que tem como objetivo ampliar profissionais de diferentes etnias e garantir inclusão nos mais variados setores e níveis de hierarquia. A principal ação é mapear a Gi Group e encontrar onde estão dentro da organização bem como sua atual posição. Programas de retenção de talentos também é muito importante.

Juntos – Se dedica a orientação e identidade de gênero para a criação de um ambiente plural e saudável para LGBTQIA+

Sobre a Gi Group

Gi Group é um dos líderes globais em soluções dedicadas ao desenvolvimento do mercado de trabalho com forte destaque nas atividades de Recrutamento e Seleção, Administração de Temporários, projetos de Terceirização (Outsourcing), Marketing Promocional, Treinamento e Consultoria Empresarial em Desenvolvimento Organizacional e Programa de Estágios.

No início de 2007, o Gi Group começou o seu programa de internacionalização que levou o grupo a estar hoje presente em mais de 50 países na Europa, América e Ásia.
A companhia também é membro corporativo global da WEC, a Confederação Internacional das Agências de Emprego, que reúne seis outras multinacionais do setor. O grupo tem faturamento 2,5 bilhões de euros, e atende mais de 20.000 empresas através de 600 filiais em todo mundo e mais de 3000 funcionários diretos. Saiba mais em https://br.gigroup.com/

Compartilhe a história